Mundo Mais

  • Latest News

    Tecnologia do Blogger.

    Translate

    quarta-feira, 19 de julho de 2017

    Prive Contos Eróticos - Incesto - Meu Primo Me Fudeu a Força


    Tudo começou quando eu tinha 18 anos, mais eu já havia tido relação homo nas quais sempre fui ativo. O meu primo claro era mais velho do que eu e eu o achava muito bonito e ficava sempre imaginando ele nu, acredito que mesmo nunca tendo feito passivo eu já tinha uma tendência a experimentar, só não imaginava que fosse acontecer daquela forma. Sendo forçado a aguentar um pau tão grande e violentamente.

    Indo direto ao fato, em certo dia eu saí de casa para ir ao colégio e por uma ocasião acabei saindo mais cedo e ao invés de ir pra casa resolvi ir para a casa do meu tio, ao chegar lá meu primo que aqui vou chamar de Juca, estava com um amigo dele vendo tv na verdade estavam assistindo um filme pornô, fiquei meio sem graça o Juca perguntou o que eu estava fazendo lá eu disse que tinha saído mais cedo do colégio e passei por lá só para beber água por que estava fazendo muito calor, ele me mandou entrar e disse pode ir lá na cozinha.

    Ele e o amigo continuaram na sala vendo o filme, não sei dizer o que estavam fazendo por que fiquei com vergonha de voltar pra sala o Juca até me chamou mais eu disse que iria ao banheiro e assim fiz, dei um tempo por lá daí saí e fui em direção da sala com a intenção de ir embora, mas ao passar por um dos quartos da casa fui puxado bruscamente, levei um susto era o Juca que me puxou e me jogou em cima da cama e disse para mim agora diz. O que tu veio fazer aqui de verdade? Fiquei meio sem ação daí ele falou eu sei o que é que tu tá querendo e foi tirando o short que ele usava e eu fiquei assustado com aquilo ele, falou tu quer eu vou te dar, ele já estava de pau duro então pude ver que o filho da puta tinha um caralho imenso e muito grosso, tentei sair fora mas ele me pegou e me jogou na cama de novo falando eu vou te fuder e tu vai gostar. Então eu disse Juca para com isso cara eu não vou fazer nada disso ai não eu não sou viado tá...

    Ele então disse, há muito tempo que percebo tuas olhadas e hoje tu não veio aqui atoa, fica tranquilo que eu vou meter no teu cu devagar, mas antes tu vai mamar, fui resistente e falei eu não vou fazer nada. Quero ir embora. O Juca falou com tom ríspido tu querendo ou não eu vou te comer. Daí ele me virou debruço montou na minhas costas e amarrou minhas mãos na cabeceira da cama, depois amarrou minhas pernas na outra parte e tirou a roupa toda dele e levou o pauzão dele até minha boca e mandou que eu chupasse, eu disse não, ele pegou na minha cabeça com as duas mãos levantou e começou a roçar a cabeça do pau na minha cara falando chupa seu viado chupa que logo, logo vou meter tudo no teu cu e a medida que ele roçava o pau na minha cara mais tesão eu sentia mais me negava a chupar o Juca falou, então tá se tu não tiver de pau duro eu deixo tu ir embora por que daí vou ter certeza que não tá gostando, mas se tu tiver com essa piroca dura eu vou te enrabar sem dó e enfiou a mão por baixo de mim e viu que meu pau estava rachando de tão duro, ele ficou muito puto e disse, é seu viado tu vai chupar meu pau agora, vai deixar bem molhado pra entrar mais fácil nesse teu cuzão.

    Levou o pau na minha cara novamente então eu resolvi chupar só que o pau dele era muito grande e muito grosso eu não conseguia chupar e ele enfiava cada vez mais o pau na minha boca. Ficou mais ou menos uns vinte minutos socando a pica na minha boca então montou sobre mim novamente e disse agora tu vai sentir uma piroca de macho no teu rabo, eu com medo disse Juca eu nunca dei meu cu e teu pau é monstruoso. Calma vou meter devagar, deu uma cusparada no meu rabo e começou a roçar aquela jeba imensa na minha bunda e roçava a cabeça do pau no meu buraquinho virgem e deu inicio a meteção quando eu sentí ele enfiar a cabeça do pau senti uma dor fudida, mas suportável achei que ele ia ficar só naquilo, mas de repente o filho da puta enfiou o pau de uma socada só eu dei um grito muito alto que ele empurrou minha cabeça contra a cama pra abafar e logo tirou o pau de dentro de mim só que quando fez isso logo veio o sangue junto, ele rasgou meu cu correu no banheiro e pegou papel higiênico para me limpar me limpou e falou cara tu era virgem mesmo, eu chorando respondi eu te falei que nunca tinha dado o meu cu.

    Ele deu um tempo achei que ele ia deixar eu ir embora, ledo engano ele voltou a subir em mim jogou mais cuspe no meu cu e no pau dele e começou a me fuder de novo a dor era imensa mesmo ele metendo com mais calma e nada podia fazer por que estava amarrado, mas depois de algum tempo eu já não sentia mais nada então ele começou a socar cada vez mais forte e socava, socava até que gozou e encheu meu cu de porra, uma grande quantidade de porra depois que ele tirou a pica de dentro de mim senti escorrer entre minhas pernas a porra dele misturada com o meu sangue. Ele limpou minha bunda novamente, mas não me desamarrou e começou, foi pra minha frente e mandou eu chupar o pau dele e assim eu fiz, chupei aquele pau grande e grosso até ele gozar na minha cara e jorrou muita porra na minha cara e na minha boca.

    Desde então fiquei viciado em macho pauzudo tanto no tamanho como na grossura, se tiveres essas características entre contato e vamos fuder muito.


    Mundo Mais 

    • Blogger Comments
    • Facebook Comments

    0 comentários:

    Postar um comentário

    Item Reviewed: Prive Contos Eróticos - Incesto - Meu Primo Me Fudeu a Força Rating: 5 Reviewed By: Renan dos Reis
    Scroll to Top