Mundo Mais

  • Latest News

    Tecnologia do Blogger.

    Translate

    domingo, 20 de agosto de 2017

    Prive Contos Eróticos - Chupando no Carro

    Estava entrando no começo das férias de julho de 2011 quando aconteceu isso. Era um dia de sábado, mais ou menos quatro horas da tarde. Estava tão chato lá em casa que as redes sócias já nem interessavam mais. Então decidir ir para algumas da sala de bate papo da UOL, entrei com o apelido de Príncipe Discreto (esse foi o nome que veio primeiro na minha cabeça). Entrei na sala e digitei para TODOS – Alguém me tira dessa prisão? To a fim de chupar um pirulito E não demorou muito um cara mandou pra mim. – Vem aqui chupar seu pirulito. Eu me excitei logo com aquilo, fechei a porta do meu quarto de fui para cima de minha cama. – Você tc de onde? – perguntei para ele no reservado – Mario covas e vc? – pergunta ele. – Centro de Ananindeua. – Hum... Eu estou aqui no centro. Tá a fim de vim aqui me chupar? – pergunta ele. – Claro que sim – respondi por fim. – Você tem celular? – pergunta ele novamente. – Tenho sim o numero é ******** –  digitei e mandei. Não demorou nem meio segundo alguém me liga no DESCONHECIDO. Já sabia que era ele, e percebi que também, assim como eu, era muito discreto. – Pronto – respondi ao atender o telefone. – É o Príncipe Discreto que está falando? Eu ri... – É sim. Quem está falando? – perguntei embora já soubesse quem era. – Sou da UOL. Eai ainda está querendo chupar um pirulito? – pergunta ele com uma voz de garanhão gostoso. Sua voz era bastante grossa e eu me excitava todinho com aquilo. – Olha eu to no centro... – continua falando. Marcamos um local perto de minha casa. Dei tchau no celular, sair do PC e fui direto ao ponto de encontro. Cheguei lá ele me ligou e disse que já estava chegando e em seguida perguntou como era a minha roupa. – Estou de bermuda azul, camisa branca, e uma sandália rider. – Ok.. to chegando ai. Quando ele disso aqui minha língua coçou. Queria logo abocanhar aquele gostoso. Minutos depois meu celular liga. – Você está onde? – pergunta ele. – Estou aqui na frente da loja ***. – Hum... já enxerguei você – diz ele e em seguida desliga o telefone. Segundo depois para um carro ao meu lado. Um Siena Cinza de 4 portas, todo peliculado (melhor ainda). Ele buzinou e abaixou o vidro da janela. Me deu um pequeno frio na barriga, fiquei com um pouco de medo, pois podia ser um velho tarado. Mais meu medo desapareceu quando eu vir um moreno, de cabelos curtos e um belo sorriso. Ele abre a porta do carro e eu entrei. – Eai – diz ele ao apertar a minha mão. – ta procurando o que? – Meu pirulito – disse eu com um sorriso no fim. Ele estaciona o carro na frente da loja Y.Yamada, estava um movimento enorme ali, mais o carro era todo peliculado então não tinha como ninguém nos ver. – Quer essa pica aqui? – pergunta ele enquanto abria a braguilha. Então um pau molinho saiu de sua cueca. – Consegue subir esse caralho? – pergunta ele com uma voz de safado. – Claro que sim. Massageei seu pau e em seguida beijei a cabeçinha e depois engolir todinho até as bolas. Fiquei me deliciando naquela pica morena e muito gostosa. Não demorou nem 2 minutos e o pau dele já estava duro com uma pedra em minha boca. O caralho dele era enorme, uns 18 cm. No começo da chupeta engolia todinho agora já não consigo engolir suas bolas, mais a salsicha sim. Engolir todo aquele caralho e quando a cabeçinha tocou em minha goela ele urrou bem alto. – Ai caralho, que boca deliciosa, chupa esse cacete, chupa esse pirulito que é todo seu. Aiiiiii – e continuava urrando. Aquilo me deixava muito excitado. Eu masturbava ele com a boca e ele adorava. Dizia que eu pagava boquete melhor que a mulher dele. Me sentir o máximo ali. Continuei chupando, não queria mais parar de chupar aquela porra. Foi quando levei a sua cabeçinha até a minha goela que sentir um jato quente saindo de seu pau. Ele estava gozando e sua porra estava uma delicia, bem quentinha e muito gostosa. – Ahhhh gozei. – urrou ele. Quando acabamos, estava chovendo e agente nem havia percebido. Ele ligou o carro e seguiu estrada a frente. Chegou a mais de 500 metros de onde agente estava ele para o carro. – Eu vou te ligar. Quero de novo essa chupeta em meu caralho que já ta durinho aqui de novo. – Hmmm então deixa eu me despedir do meu pirulito? – Não dá, vou trabalhar agora. Mais te ligo. – Qual é o seu nome? – perguntei muito curioso. – Junior. – diz ele por fim. – Junior... Me liga então seu picudo. Abrir a porta do Siena e corri para baixo de uma loja, me molhei todinho. Esperei a chuva passar e fui para casa. Depois desse dia Junior me ligou e marcamos de novo. E eu fiz ele de novo gozar e minha boquinha. Dias depois tivemos outro encontro e tudo recomeçou, e assim está sendo. Eu adoro chupar aquele moreno gostoso. Ele é muito bom e é o numero 37 da minha TOP LISTA. Esse foi mais um conto de minhas experiências sexuais. Espero que tenham gostado! Até o próximo conto...

    Fonte:bilotosg

    Mundo Mais 



    • Blogger Comments
    • Facebook Comments

    0 comentários:

    Postar um comentário

    Item Reviewed: Prive Contos Eróticos - Chupando no Carro Rating: 5 Reviewed By: Renan dos Reis
    Scroll to Top