Mundo Mais

  • Latest News

    Tecnologia do Blogger.

    Translate

    sexta-feira, 11 de agosto de 2017

    Prive Contos Eróticos - Prazer Secreto

     Às vezes o imaginar que nunca fato vai acontecer com a gente é se esquecer que o futuro a Deus pertence.
    Sempre amei a pessoa errada e gostar talvez do melhor amigo é uma pratica comum no meio jovem, mas amar de verdade e chorar pelo melhor amigo sabendo que ele não gosta e tem namorada é outra coisa.
    André sempre o garoto dos meus olhos, menino do tempo de escola e que firmou uma amizade bacana e especial, muito sorridente ele demonstrava que curtia e vivia a vida sem medo de ser ele mesmo; de corpo magro e pouco definido; de tatuagem nas costas, de olhos castanhos e um cabelo a estilo moicano demonstrava sua beleza ao comum.

    Porem a realidade da vida se tornava a amizade em primeiro lugar; depois da face criança, da adolescência e chegando a adulta éramos irmãos e meu amor por ele se transformava em algo secreto como minha sexualidade que era guardado em um esconderijo pessoal; ele todo malandro e comédia namorava e curtiam a vida.
    Dia desses navegava no facebook do André e ali algo me chamava atenção, garoto de olhos verdes, cabelo espetado loiro e tipo playboy falava mais alto no meu visualizar; sem muito pensar convido para adentrar a roda de amigos do meu; já que era amigo do André também era bem vindo.
    O nome do garoto era Lucas e assim me surpreendia, pois a foto demonstrava uma simpatia e ele não me era estranho; passado dias começamos e se conversar via chat, se conhecemos e ele realmente era comédia também e não transparecia curtir algo; mas logo saímos do lado internet e fomos via telefone e assim se aproximamos e se vimos pessoalmente e ouve um contato especial.
    Lucas jogava futebol com André e deve ter sido de uma destas partidas que os vi; e ali mesmo passamos a se conhecer e ele sempre demonstrava estar curioso e entendia meu recado; o medo de talvez ir com sede ao pote assustava, mas logo demonstrei que havia simpatizado sexualmente com ele.
    Lucas era um menino que tinha a comunicação e beleza de um filhinho de papai, jogava futebol de salão, malhava e entendia que muito antes do sexo na vida tinha a descrição; afinal éramos dois curtindo e estando no mesmo barco.
    Assim um motel se tornava a forma de juntos se conhecerem e se entender melhor; naquele local escondido e tampado por quatro paredes se tornava o local pra um sexo feito com vontade e prazer às escondidas.
    O garoto malhadinho de pele branca, olhar charmoso e um beijar delirante me fazia se sentir um menino que se entregava a se descobrir com o amigo de quem eu sempre amei,
    Logo a transa, o cair das roupas e o se conhecer sexualmente se tornava um desejo fixo de ambos; naquele quarto de motel estavam dois meninos da vida, dois garotos de classe média que mentia pra si mesmo e gostava de ser homossexual nas horas vagas.
    Boca vermelha, pele branca e um jeito de menino; pelados a cair numa cama confortável e se beijar, seus cabelos loiros e com gel era todo bagunçado e totalmente entregues a caricias e a pegada firme em sua rola grossa e degustável era inevitável.
    Aquela cama era pouco e logo sinto seus lábios e seu tocar; sua pegada forte me faz tocar em seu corpo maravilhoso, deslizo minha mão ao seu peitoral e o beijando desço indo junto ao seu mastro gostoso que logo se transforma e ficava totalmente duro e prontinho pra ser mamado.
    Beijo todo seu corpo e logo aquela pica branca de cabeçano vermelha era toda massageada por mina língua, o beijo todo e lambo toda sua rola, desço ate suas bolas e faço delas um bônus para meu cuzinho que estava em chamas.
    A vontade de ter o amigo do André se tornava o prazer de sentir o gosto de um garoto lindo de rola grossa; sendo consumido de prazer o ouço gemer e curtindo ser sugado pela pica ele começava a massagear a entrada do meu cuzinho me deixando louco de prazer, logo minha bundinha era fudida por dois dedinhos enquanto eu lambia toda a pica grossa de Lucas.
    Com seu pau atolado na minha boca e caído em chamas do prazer aquele motel era o ato de segredo e prazer, ali a vontade de dois garotos se transformava em algo gostoso, em uma descoberta especial.
    Lucas assim me fez rever meus conceitos e em beijos, em caricias me faz se sentir querido e desejado, logo me coloca de quatro em cima da cama e começa a chupar meu cuzinho, me faz gemer e me morde todinho, o sinto de verdade e ali tendo diante do meu cuzinho uma língua me massageando, era prazeroso demais e gostoso sentir a linguado do prazer, era muito bom ser lambido e ter a bunda toda mordida e se sentir desejado por outro garoto.
    Eu respirava fundo de prazer, curtia seus dedos me abrir mais ainda e logo queria realmente ser aberto por sua pica grossa; Lucas estava ali me fazendo gostar de se entregar; cuspia na entrada do meu cuzinho e se preparava pra introduzir seu mastro brando dentro de mim.
    Eu de quatro na cama sentia a dor de um meter com a força, ele então sem muito enrolar começa a enfiar devagarzinho toda sua rola me fazendo o segurar e pedir pra ir com calma, era gostoso, prazeroso e ali com uma rola dentro do cu ele começava a fazer um movimento gostoso.
    Ele sabia meter com força e me fazer gemer, era delicioso o jeito de rebolar pra frente e pra trás, e principalmente o movimentar de sua pica pra esquerda e direita dentro de mim. O garoto realmente entendia do sexo pegado e eu suava ao misto de gemer, não conseguia me conter de tanto prazer ao mesmo tempo em que o sinto morder minha orelha.
    Ali de quatro naquela cama de motel eu era consumido e enrabado, eu gostava e se sentia livre naquele momento, pois o prazer e o meter forte me levava ao auge sexual.
    Logo com muito carinho ele me deita de bunda pra cima, me morte e lambe todo meu corpo, me faz respirar de dor com dentadas fortes e com sua pica entrando e saindo de dentro de mim ele mete com vontade; acelera o meter e me faz realmente descobrir como é tomar no cu com vontade.
    Deliciosamente Lucas me surpreendia e eu me entregava aquele garoto loiro de rola gostosa e de lado, de banda e em um meter de homem ele me faz sofrer e agüentar cada centímetro de seu pau; na cama sou obrigado a sentar em cima de sua rola e rebolar feito menina; o que alias foi auge da transa.
    Ele deitado de pica pro teto e eu ali sentando e consumindo dentro de mim seu cacete, gemendo e rebolando o fazendo sentir o gostoso o sexo e o rebolar de outro garoto que o levava ao delírio sexual a me chamar de gostoso e gemer alto.
    Eu rebolava sem medo de curtir, a me sentir como se estivesse saindo do meu corpo pois eu queria o fazer gozar, queria dar o máximo de prazer para aquele menino delicioso, e logo sentia ele me tocar, me unhar e gemer me dizendo pra mim acelerar que ele estava prestes a gozar.
    Rebolo com intensidade e assim o faz derramar toda sua porra dentro de mim, o faço gemer e rebolando deixo ele louco gozando e sendo forçado a comprimir seu corpo; o beijo e mordo seus lábios sentindo um arrepio em meu corpo me deixando mole; sua porra escorre e eu de cuzinho todo arrombado deito ao lado daquele loirinho roludo, ele me beija e corre ao banheiropois estava com porra derramada em sua barriga.
    Ouço o abrir do chuveiro e ele me chamar gritando e dizendo que eu era gostoso e era seu amor; eu sorria da situação e não acreditava que estava transando com o amigo de André; sorria e logo percebo que na mesa ao lado da cama o celular de Lucas acendia a luz, logo pego por curiosidade pensando o chamar e noto que no visor aparecia uma mensagem recebida por “amor”.
    Com medo abro a mensagem rapidamente e leio:
    “Estou com saudades de nossas pegadas, te amo muito moleque; Beijos; Ass André..”


    #Fim
    Autor: Escritor Danyel
    escritordanyel@hotmail.com
    Direção: Igoor Ferreira SpositoMundo Mais   
    • Blogger Comments
    • Facebook Comments

    0 comentários:

    Postar um comentário

    Item Reviewed: Prive Contos Eróticos - Prazer Secreto Rating: 5 Reviewed By: Renan dos Reis
    Scroll to Top