Mundo Mais














  • Latest News

    Tecnologia do Blogger.

    Translate

    quarta-feira, 14 de julho de 2021

    Meu pequeno manual da punheta

    Desde pequeno temos percebemos que pegar no pinto provoca uma sensação muito gostosa. O tempo passa e na pré-adolescência descobrimos naturalmente a punheta. O ato de se masturbar para o homem é algo que nasce com ele, é instintivo.

    Todo mundo acha uma gracinha o pintinho duro do neném. O menino cresce. O pau cresce, e o entendimento que aquilo é proibido vem junto. Com a repressão à punheta, o garoto passa a fazer escondido, seja no banheiro ou embaixo das cobertas.

    Lá pelos 10, 11 anos descobrimos o paraíso com o primeiro gozo. A partir daí não acaba nunca mais.
    A prática da punheta reduz o stress, revigora o coração e prolonga a vida; alivia a tensão; ajuda a dormir; exercita os músculos pélvicos; melhora a circulação cardiovascular; aumenta a autoestima e a autoconfiança.

    Jeitos de bater 
    Mão dormente - É só sentar em cima de uma das mãos até que ela fique totalmente dormente. Depois bater a punheta. Parece a mão de outra pessoa. É uma delícia, cara !

    Com uma camisa - O jeito de bater da camisa é só enrolar uma camisa no pau e bater, é bom porque você sente o pau esquentar!

    Toalha na porta - Tem aquela punheta de colocar uma toalha numa fresta de porta e colocar o pau, aí é só ficar indo e vindo, você deixa uma porta entreaberta e coloca uma toalha, pra não esfolar o pau, e tipo “fode a porta“. Eu nunca fiz, mas dizem que é bom, o problema é que deixa o pau meio seco, sacou?
    Com as duas mãos - Este jeito de bater é um tesão! Pra bater assim o seu pau precisa ser meio grande (pelo menos médio). É assim: com uma das mãos você segura bem na base do caralho; com a outra mão você segura no pedaço de cima do caralho. Aí você bate sincronizado com as duas mãos, indo pra cima e pra baixo juntas. Se ficar difícil no começo, não desanima, porque vale a pena, cara! Depois de um tempinho você já consegue bater melhor, e é porra na certa!

    Fodendo a mão - Uma técnica que sei, é de você botar um creme na mão, deitar de lado, por cima do braço direito, colocar sua mão bem apertada na cabeça do seu pau, e ir fazendo um movimento como se estivesse fodendo sua mão……. esta sensação é o máximo !

    Punheta silenciosa - Minha sugestão é da bronha silenciosa, quando você bate uma deitado, na parte de cima do beliche. Segure o seu caralho bem firme, fazendo pequenos movimentos de fricção, até alcançar o gozo.

    Controlar a esporrada - O bom é também aprender a controlar o gozo na punheta. Quando você sentir o sinal de aviso que a gozada está proxima, você pára e descansa um pouco e começa de novo, repita isso 5 vezes. Vai chegar o momento que você vai controlar seu gozo. Sai muito mais porra e é bem mais da hora!


    No banho - Uma técnica de punheta é você no banho encher a mão de sabonete e esfregar na cabeça do pênis e apertar ela de vez em quando, gozo em cinco minutos.
    Variações - É bom começar uma punheta bem devagar pensando ou vendo algo excitante. É bom variar as técnicas, pois ficamos viciados num jeito. Alterne as mão, toque com a mão que não está acostumado a tocar. Varie também a posição dos dedos. Use dois dedos, quatro dedos ou a mão toda.
     
    Segurar a porra - Aí vai uma dica: quando você estiver quase gozando aperta bem forte a cabeça do pau que a porra demora mais pra sair! É da hora que dá muito mais tesão.
     
    Buceta no banho e chuveiro na cabecinha - Um jeito bem legal de bater é juntar as duas mão (no banho) em forma de buceta e tipo fuder a mão. o pau escorrega e você goza em uns 5 minutos. Outro jeito é você antes de bater no banho, deixar a água do chuveiro, se cair forte, pegar na parte superior do pau e depois de algum tempo o tesão vai ser tanto, que você não vai aguentar e vai bater desesperadamente.
     

    Lubrificantes
    Saliva - Um lubrificante bom e fácil de arranjar é saliva (cuspe). É só encher a boca de saliva (se estiver difícil é só dar uma mordida de leve na língua pra facilitar) e lambuzar o pau de cuspe, e bater.

    Porra - Se você estiver com muito tesão, dá pra bater uma punheta a seco mesmo e deixar o pau melado de porra, e bater por cima do esperma, usando ela pra mão deslizar melhor! Dá muito tesão, o pau escorrega lisinho! Mas cuidado porque faz a maior sujeira!

    Sabonete e Condicionador - Dá para usar sabonete ou creme para cabelo (ou condicionador), é um tesão.

    Óleo e creme - óleo de amêndoa natural é muito bom ou creme para hidratar o rosto. Aí vai alisando o pau lentamente, não use creme logo. Depois de um tempo use creme pra não irritar o pênis. Também pode usar saliva.

    Gel pós-barba e Vick Vaporup - Uma boa técnica é lambuzar o pênis é com gel pós barba, ou qualquer creme mentolado, até Vick ou Gelol serve. O pau fica quente/frio. Dá uma bronha nota 10!
    Para usar com camisinha - Punhetar com camisinha e lubrificante também é muito bom. Usando KY e camisinha com extra-sensibilidade é melhor ainda.

    Limpando a porra
    Papel higiênico - O mais simples é bater sempre com um pedaço de papel higiênico (dobrado várias vezes) por perto. Quando você sentir que o esperma vai sair, “enrole” a ponta do pau no papel higiênico, e assim a porra não escorre. Depois de alguma prática dá pra fazer rapidinho, sem nem parar de bater!

    Meia - Outro jeito que dá mais liberdade (e trabalho) é bater punheta com o pau enfiado numa meia… Você bate e nem precisa se preocupar com a porra, ela fica dentro da meia. E dependendo da quantidade de porra que você soltar, dá pra esperar a meia secar e por pra lavar, por que com certeza ninguém vai se interessar em olhar dentro de uma meia que parece usada, portanto o seu “segredo” de punheteiro está a salvo! Observação: é lógico que você tem que usar uma meia limpa!!!
    Na mão mesmo - Se você estiver punhetando com pressa e sem papel por perto, o jeito é catar a porra com a mão mesmo. Mas preste atenção, cara, porque na hora de limpar a mão, é mais fácil limpar com papel higiênico antes de lavar a mão, porque se molhar a porra, a porra vai virar tipo uma cola que demora pra sair da pele, e gruda nos pêlos…

    • Blogger Comments
    • Facebook Comments

    0 comentários:

    Postar um comentário

    Item Reviewed: Meu pequeno manual da punheta Rating: 5 Reviewed By: Renan
    Scroll to Top